Comissão Apartada

No último dia 24 de agosto, o Superior Tribunal de Justiça julgou uma das questões mais polêmicas referentes à relação contratual entre incorporadoras e consumidores, reconhecendo que não existe ilegalidade em se transferir ao comprador do imóvel o pagamento da comissão devida ao corretor que intermediou o negócio. Vale lembrar que o valor da comissão da corretagem deverá ser informado ao consumidor não só em contrato, mas em todas as peças de divulgação do imóvel.

Fonte: Aponte Comunicação00

148