Caixa renegociou R$ 150 milhões em dívidas

Em dez dias, o programa de renegociação de dívidas da Caixa já atingiu 125 mil pessoas e renegociou cerca de R$ 150
milhões. O balanço foi informado ontem pelo presidente do banco, Pedro Guimarães. O desconto dado na  renegociação é de, em média, 82,78%. Vai de 40% para as maiores dívidas a até 90% nos menores créditos.

De acordo com Guimarães, as dívidas renegociadas são em média de R$ 1 mil. Porém, a maioria dos casos envolve créditos de R$ 500 a R$ 600. O presidente do banco destaca também a renegociação de 600 mil imóveis, que atinge em torno de 2 mil pessoas. São créditos imobiliários atrasados há mais de um ano. A Caixa já recebeu mais de 25 mil pedidos de renegociação do tipo, inclusive de imóveis do Minha Casa, Minha Vida. “Tudo é feito com discussão interna do banco, instrução do TCU”, disse.

As medidas da instituição financeira foram citadas pelo presidente na confirmação de devolução de R$ 3 bilhões da Caixa ao Tesouro. A gestão do banco foi elogiada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, também presente no momento do anúncio. Guedes destacou que ao “despedalar” o banco, as instituições financeiras se fortalecem e podem ser mais “fraternas”. “Com eficiência você garante a fraternidade. A Caixa recebeu pedaladas, a contabilidade criativa, e vários mal feitos foram executados. O Pedro está encolhendo, devolvendo recursos, despedalando o banco, mas está aumentando a ação social”, disse o ministro.

 

Leia mais em:  https://www.valor.com.br/financas/6304293/caixa-renegociou-r-150-milhoes-em-dividas#

82