IVV de abril aponta recuperação

A Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe) divulgou nesta terça-feira (25), o Índice de Velocidade de Vendas (IVV) de abril, pesquisa encomendada pela Ademi-PE. O índice do mês ficou em 7,2, acima da média anual de 6,21%. O cenário aponta o início de uma recuperação para o mercado que não conseguia ficar acima da média desde dezembro de 2018. O estudo mostrou ainda que os empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) representaram pouco mais de 87% dos lançamentos, mas apenas 12% das vendas em abril.

Quando avaliado o Valor Geral de Vendas (VGV), o estudo mostrou que de um total de quase R$ 91 milhões, cerca de R$ 27.500 milhões são do Minha Casa, Minha Vida, enquanto os imóveis que utilizam demais recursos ficam com aproximadamente R$ 73.500 milhões.

Outro ponto positivo apresentado no relatório foi uma queda forte no número de distratos. “Eu consigo perceber isso nos estandes de vendas. Abril foi um mês bom e maio está sendo melhor ainda”, comentou o diretor de economia e estatística da Ademi-PE, Luyndson Lino.

Atualmente, o IVV realizado pela Fiepe é um dos índices de maior credibilidade com relação ao setor imobiliário. “Pedimos as empresas associadas que respondam aos questionários mensalmente para que o índice possa continuar tendo precisão”, afirmou o presidente da Ademi-PE, Gildo Vilaça.

Fonte: Aponte Comunicação

 

201