Caixa poderá rever taxas e ter novo modelo para crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal quer se aproximar das camadas mais pobres da população brasileira, e para isso poderá rever taxas de acordo com as realidades regionais e focar no projeto de cartão de crédito consignado para ganhar competitividade no mercado. Além disso, o Banco deverá, no segundo semestre, anunciar uma mudança no modelo de indexação do crédito imobiliário, que estaria ligada à inflação nacional.

Leia mais >>  

193