Ademi-PE lamenta o falecimento do fundador da entidade

Dr. Marcos Roberto de Oliveira Cavalcanti.

Ainda sob o impacto do falecimento, no último dia 29/09, do fundador, presidente por dois mandatos consecutivos (1994/98) e responsável pela edificação da sede da Ademi-PE, Dr. Marcos Roberto de Oliveira Cavalcanti, a Associação registra um Voto de Pesar pela dimensão da perda de uma figura tão extensiva ao segmento da insdústria da construção civil brasileira e um Voto de Aplauso, aprovado pelo Plenário, pelo conjunto positivo de sua obra em favor da Ademi-PE.

Durante a reunião semanal com o filiados, inúmeros presentes comentaram aspectos positivos da convivência com o Dr. Marcos, ressaltando que o legado deixado por ele merece ser parabenizado. O presidente, Gildo Vilaça, por sua vez, comunicou que, até o final deste ano, o lugar, sempre ocupado pelo homenageado, ficará vago nas reuniões promovidas pela associação.

Trajetória

A trajetória de Dr. Marcos na Ademi-PE foi extremamente marcante pelas múltiplas ações desenvolvidas. Entre eles, o fato de ser criador do Troféu Ademi-PE, em 1995, já demonstra a dimensão do trabalho desempenhado. Além de ocupar cargos diretivos na Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) há vários anos, tendo sido o 1º vice-presidente e, ultimamente, integrava o Conselho Consultivo da entidade matriz nacional deste segmento.

Sem contar com as inúmeras posturas gerenciais, deve-se destacar a verdadeira revolução  feita por ele, ao renovar os quadros diretivos desta Casa, incorporando uma gama de jovens empresários, conjugando – com entusiasmo e energia – efeitos positivos até os dias atuais. Algo efetivamente imponderável no cenário da Associação.

Ninguém dedicou tanta atenção à Ademi-PE, como Dr. Marcos Roberto.

252